HÁBITOS BUCAIS EM PRÉ-ESCOLARES PERTENCENTES A UM CENTRO DE REFERÊNCIA DE EDUCAÇÃO INFANTIL EM JOÃO PESSOA (PB)

Palavras-chave: Sucção., Hábitos., Pré-escolar., Chupetas.

Resumo

Foi realizada uma pesquisa quantitativa, observacional, transversal e descritiva com o objetivo de avaliar a prevalência de hábitos bucais de crianças na faixa etária de 2 a 5 anos em uma CREI (Centro de Referência de Educação Infantil) situada no município de João Pessoa (PB). Os dados foram coletados por meio da aplicação de um questionário estruturado com os responsáveis pelas crianças, em que constava perguntas objetivas relacionadas à presença e frequência de hábitos bucais deletérios em pré-escolares. As informações obtidas foram tabuladas e em seguida analisadas pelo programa estatístico SPSS v.20.0 e trabalhadas de forma descritiva, por meio de números absolutos e percentuais. Observou-se a prevalência de hábitos bucais deletérios de 29,9% para a sucção de chupeta, 14,3% para sucção digital; 29,9% para respiração bucal, 23,4% para morder objetos; 9,1% para morder os lábios; 28,6% para roer unhas e 19,5% para bruxismo. Conclui-se a prevalência elevada de hábitos bucais deletérios nas crianças participantes da pesquisa, evidenciando a importância de descontinuidade destes hábitos na prevenção de maloclusões.

Publicado
2018-12-15
Como Citar
Pinto Veras, A., Bustorff, A., Máximo De Araújo, F., Muniz, F., Carvalho, M., & Ferreira, J. (2018). HÁBITOS BUCAIS EM PRÉ-ESCOLARES PERTENCENTES A UM CENTRO DE REFERÊNCIA DE EDUCAÇÃO INFANTIL EM JOÃO PESSOA (PB). Revista De Ciências Da Saúde Nova Esperança, 16(3), 19-24. https://doi.org/10.17695/issn.2317-7160.v16n3a2018p19-24
Seção
Ciências da Saúde/Artigo Original

##plugins.generic.recommendByAuthor.heading##