ANÁLISE HISTOLÓGICA DA MUCOSA GÁSTRICA SAUDÁVEL E DOENTE COM GASTRITE CRÔNICA OU DOENÇA ULCEROSA PÉPTICA

Palavras-chave: Gastrite., Mucosa gástrica., Úlcera péptica.

Resumo

A úlcera péptica é uma perda de tecido que ocorre nas áreas do tubo digestório expostas à ação de ácido e enzimas. As lesões localizam-se predominantemente na pequena curvatura antral no estômago e na primeira porção do duodeno. É fortemente associada ao Helicobacter pylori e ao uso de anti-inflamatórios não esteroidais (AINES). Este estudo objetivou avaliar, comparativamente e de modo quali-quantitativo, os padrões histológicos de mucosas gástricas saudáveis e ulceradas. Trata-se de um estudo de natureza descritiva com uma amostra de 18 lâminas histológicas do trato gastrintestinal, sendo 15 de tecidos patológicos e 3 de tecidos saudáveis, analisadas de acordo com a quantidade de infiltrado inflamatório, células caliciformes e tecido glandular, com o auxílio do software AVSoft Bioview®. Os valores percentuais obtidos foram tabulados e postos em gráficos no Microsoft Office Excel®. Foi observado que o infiltrado inflamatório das mucosas com gastrite apresentavam percentual maior que as ulceradas, sendo os resultados mais expressivos observados em gastrites severas com metaplasia intestinal (MI). Em mucosas saudáveis ainda pode ser encontrado um pequeno infiltrado. Células caliciformes foram encontradas em lâminas que apresentavam MI, que pode ser considerada um marcador de pré-malignidade. Quanto às glândulas gástricas, a atrofia foi simultânea à piora da gastrite, podendo essa alteração percentual ser encontrada em mucosas infectadas com H. pylori, assim como em mucosas não infectadas. Portanto, a partir da análise dessas alterações histológicas e conhecendo a diferença qualitativa entre as mucosas saudável e doente, é possível chegar a um diagnóstico precoce, fundamentado e, consequente, um tratamento adequado.

Publicado
2018-12-15
Como Citar
Lima De Andrade Silva, T., Gomes, K., Sales Filho, R., & Costa, H. (2018). ANÁLISE HISTOLÓGICA DA MUCOSA GÁSTRICA SAUDÁVEL E DOENTE COM GASTRITE CRÔNICA OU DOENÇA ULCEROSA PÉPTICA. Revista De Ciências Da Saúde Nova Esperança, 16(3), 43-50. https://doi.org/10.17695/issn.2317-7160.v16n3a2018p43-50