USO DOS BIOCERÂMICOS NA ENDODONTIA: REVISÃO DE LITERATURA

Palavras-chave: Restauração Dentária, Reparo, Tratamento endodôntico

Resumo

O tratamento endodôntico convencional proporciona condições para o organismo curar a doença pulpar e permitir que o dente afetado restabeleça as suas funções estéticas e funcionais. Porém, quando isto não é possível, devido a manutenção de bactérias persistentes no interior do canal radicular, é realizado o retratamento endodôntico. Nesse contexto, este trabalho teve como propósito, através de uma revisão da literatura, apresentar os cimentos biocerâmicos encontrados no mercado (iRoot BP®, EndoSequence®, MTA Repair HP Angelus®, TotalFill BC sealer® e RetroMTA ®), bem como demonstrar suas aplicações clínicas como material obturador e selador periapical. Assim, foi realizado um levantamento bibliográfico na base de dados do Pubmed, desconsiderando trabalhos de conclusão de curso e artigos publicados antes de 2006, selecionando, assim, 31 artigos para compor a pesquisa. Os biocerâmicos podem ser utilizados como material obturador, por possuírem um bom escoamento, devido proporcionar baixa viscosidade, apresentar ação antimicrobiana, fácil aplicação e excelente capacidade de adesão a dentina, além de aumentar a resistência à fratura da raiz. Enquanto que, como material selador periapical, eles possuem biocompatibilidade, notando-se ausência de inflamação e dor nos casos de sobreobturação, um menor tempo de presa e facilidade de manipulação quando comparado ao MTA (Agregado de Trióxido Mineral). Contudo, constata-se que, os cimentos biocerâmicos apresentam propriedades promissoras para serem utilizados como material selador no tratamento endodôntico.

Publicado
2019-08-31
Como Citar
França, G., Pinheiro, J., Morais, E., Leite, R., Barboza, C., & Bueno, C. (2019). USO DOS BIOCERÂMICOS NA ENDODONTIA: REVISÃO DE LITERATURA. Revista De Ciências Da Saúde Nova Esperança, 17(2), 45-55. https://doi.org/10.17695/revnevol17n2p45-55

##plugins.generic.recommendByAuthor.heading##