UM ENLACE DA NEFROLITÍASE COM A ARTRITE GOTOSA

  • Sibelli Fabrícia Oliveira Santos
  • Paulo César Gottardo
  • Maria Roberta Melo
  • Marianna Maciel Schettini de Queiroz
  • Marília Belmont Magalhães de Sousa
Palavras-chave: Gota., Nefrolitíase., Reumatologia.

Resumo

A artrite gotosa é uma doença crônica caracterizada por inflamação das articulações com crises agudas e recidivantes por depósito de cristais de ácido úrico, sendo a mais prevalente doença articular inflamatória, principalmente após os 40 anos e em homens (4H: 1M). Em virtude do aumento da expectativa de vida, associada à alteração dos hábitos alimentares, sua incidência elevou e, consequentemente, há maior risco das complicações clínicas, como o acometimento renal. Com isso, este trabalho busca demonstrar, através de um relato de caso, a relação entre a artrite gotosa e a nefrolitíase em paciente com quadros agudizados e recidivantes destas patologias. Homem, 45 anos, sedentário, apresentou quadro súbito de dor intensa em região lombar direita com ultrassonografia evidenciando nefrolitíase. Após cinco anos, evoluiu com quadro agudo de dor em pontada de forte intensidade na primeira articulação metatarsofalangeana do pé direito, sendo diagnosticada artrite gotosa e iniciado tratamento com colchicina, obtendo boa resposta. Iniciou seguimento clínico, com terapia de manutenção com alopurinol, hidratação oral adequada e uma dieta hipoproteica, evitando alimentos como leite e seus derivados, bebidas alcoólicas, carnes vermelhas e excesso de lipídios e carboidratos. Aos 52 anos, após período de descuido da terapia, apresentou nova nefrolitíase seguida por crise gotosa, ambas do lado direito. As informações obtidas em entrevista clínica e na literatura médica foram suficientes para alcançar o objetivo do trabalho. A excreção renal ineficiente de ácido úrico é encontrada em 90% dos pacientes com gota primária e relaciona-se ao primeiro quadro de nefrolitíase. A hiperuricemia (> 7mg/dl) leva a supersaturação e precipitação em forma de cristais nas articulações (podagra no pé direito) e em outros órgãos (nefrolitíase). A avaliação reumatológica detalhada de um paciente com nefrolitíase de repetição deve ser sempre aventada, sobretudo, em casos associados à hiperuricemia e quando houver fatores de risco associados à artrite gotosa.

Publicado
2017-03-15
Como Citar
Santos, S., Gottardo, P., Melo, M., de Queiroz, M. M., & de Sousa, M. B. (2017). UM ENLACE DA NEFROLITÍASE COM A ARTRITE GOTOSA. Revista De Ciências Da Saúde Nova Esperança, 15(1), 59-65. https://doi.org/10.17695/revcsnevol15n1p59-65
Seção
Ciências da Saúde/Artigo Original

##plugins.generic.recommendByAuthor.heading##