A IMPORTÂNCIA DOS BANCOS DE LEITE HUMANO NA GARANTIA DO ALEITAMENTO MATERNO

  • Alana Talline de Sousa Rocha
  • Anesla Yanne Araújo de Lira
  • Diana Gomes Brandão Malta
  • Luanna Polari Leitão
  • Cristina Katya Torres Teixeira Mendes
Palavras-chave: Recém-nascido., Aleitamento materno., Bancos de Leite.

Resumo

O leite humano é de grande importância para recém-nascidos e lactentes, constituindo-se uma fonte de nutrientes em proporções satisfatórias ao crescimento e desenvolvimento da criança. Além disso, tem papel significativo na redução da morbimortalidade infantil. Este estudo trata-se de um relato de experiência de discentes de medicina, a partir de visita técnica ao Banco de Leite Humano (BLH) do Instituto Cândida Vargas. O BLH é definido como um centro especializado responsável por promover o aleitamento materno e executar a coleta, processamento e controle de qualidade de colostro e leite maduro, com objetivo de distribuir para crianças que dele necessitam como fator de sobrevivência. Observou-se um número considerável de mulheres realizando a ordenha e recebendo orientações de profissionais visivelmente capacitadas para aquela função e uma infraestrutura compatível com a que é preconizada pelo Ministério da Saúde. Lactentes que não dispõem de aleitamento diretamente ao seio podem ser beneficiados com o leite adquirido nesses bancos. Entretanto, a quantidade de leite disponível ainda necessita ser ampliada. É preciso que haja melhor divulgação e incentivo para que as mulheres se tornem doadoras, visto que elas também se beneficiam na prevenção de infecções decorrentes do ingurgitamento mamário. Pelo gesto de carinho e solidariedade na condição de doadora de leite humano, a nutriz deve ser valorizada e acolhida com dignidade e respeito.

Publicado
2019-02-14
Como Citar
Rocha, A., Araújo de Lira, A., Brandão Malta, D., Leitão, L., & Teixeira Mendes, C. (2019). A IMPORTÂNCIA DOS BANCOS DE LEITE HUMANO NA GARANTIA DO ALEITAMENTO MATERNO. Revista De Ciências Da Saúde Nova Esperança, 14(2), 1-8. Recuperado de https://revista.facene.com.br/index.php/revistane/article/view/85
Seção
Ciências da Saúde/Artigo Original

##plugins.generic.recommendByAuthor.heading##