MICRORGANISMOS HABITANTES DA CAVIDADE ORAL E SUA RELAÇÃO COM PATOLOGIAS ORAIS E SISTÊMICAS: REVISÃO DE LITERATURA

Palavras-chave: Microbiota., Infecções Oportunistas., Doenças da Boca.

Resumo

A microbiota oral é composta por uma grande variedade de microrganismos, entre estes várias espécies de bactérias, arqueas, fungos, vírus e protozoários, que frequentemente podem atuar como agentes benéficos, prevenindo a colonização da cavidade oral por microrganismos patogênicos. Contudo, algumas espécies agem como patógenos oportunistas e, em determinadas condições, podem causar doenças. O objetivo desta revisão de literatura é evidenciar a composição da microbiota da cavidade oral humana e a relação entre microrganismos que a compõem. Foram selecionados artigos científicos publicados entre 2004 e 2017, em inglês e português, obtidos através de busca nos bancos de dados ScienceDirect e PubMed, utilizando os termos “oral microrganisms”, “oral microbiota”, “oral diseases” e “opportunistic pathogen” combinados entre si. Como critério de inclusão, foram incluídos artigos que abordassem microrganismos presentes na cavidade oral, com ênfase em bactérias e fungos, e doenças locais ou sistêmicas causadas pelos mesmos e foram excluídos aqueles artigos com metodologia frágil ou insuficiente. Foi possível concluir que a microbiota oral não é homogênea em todas as regiões da boca o que torna o ambiente bucal extremamente peculiar. Os microrganismos que compõem a microbiota oral são diversos, sendo eles microrganismos aeróbios obrigatórios, anaeróbios obrigatórios, anaeróbios facultativos, microaerófilos e capnófilos e que o equilíbrio da flora endógena da cavidade bucal é um fator determinante para a manutenção da saúde do indivíduo com um todo.

Publicado
2018-10-11
Como Citar
Germano, V., Xavier, C., Jales, M., Albuquerque, T., Lima, E., & Ribeiro, L. (2018). MICRORGANISMOS HABITANTES DA CAVIDADE ORAL E SUA RELAÇÃO COM PATOLOGIAS ORAIS E SISTÊMICAS: REVISÃO DE LITERATURA. Revista De Ciências Da Saúde Nova Esperança, 16(2), 91-99. https://doi.org/10.17695/revcsnevol16n2p91-99

##plugins.generic.recommendByAuthor.heading##