RISCOS DE ACIDENTES COM MATERIAL BIOLÓGICOS EM PROFISSIONAIS DE ENFERMAGEM NO AMBIENTE HOSPITALAR: REVISÃO INTEGRATIVA

Palavras-chave: Risco de Acidente, Material Biológico, Enfermagem.

Resumo

Os profissionais de saúde estão expostos a diferentes riscos ocupacionais, como físico, ergonômico, químico, biológico e psicossocial, onde o risco biológico é o mais presente no cotidiano, uma vez que esses profissionais se expõem constantemente ao contato com sangue e outros fluídos orgânicos. Os profissionais de enfermagem no desenvolvimento de suas funções estão expostos a inúmeros riscos ocupacionais que podem ocasionar doenças ocupacionais e acidentes de trabalho. O objetivo desse estudo foi identificar os acidentes com material biológico que estão expostos os profissionais de enfermagem que trabalham dentro do ambiente hospitalar e quais são as principais medidas de prevenção para os mesmos. Trata-se de revisão integrativa da literatura realizada na Biblioteca Virtual de Saúde, por meio dos descritores: Enfermagem; Risco de Acidente; Material Biológico. Estes descritores foram identificados através da busca nos Descritores em Ciências da Saúde. Foram encontradas 28 publicações na pesquisa, onde após os critérios de inclusão pré-estabelecidos foram incluídos 16 trabalhos. Os resultados mostraram que as principais causas dos acidentes são: o reencape de agulhas, seguido da movimentação dos pacientes, foram os mais evidenciados. A não adesão às medidas preventivas foi muito discutida e foram fatores condicionantes. A educação em saúde é essencial e está relacionada com a formação do enfermeiro e dos demais elementos da equipe de enfermagem, pois os mesmos necessitam com o passar do tempo de atualização, de inovação, para a melhoria da sua assistência. Conclui-se que deve-se criar medidas preventivas e modelos de intervenção para minimização dos acidentes no ambiente hospitalar.

Publicado
2019-08-31
Como Citar
Rodrigues, P., & Alencar, R. (2019). RISCOS DE ACIDENTES COM MATERIAL BIOLÓGICOS EM PROFISSIONAIS DE ENFERMAGEM NO AMBIENTE HOSPITALAR: REVISÃO INTEGRATIVA. Revista De Ciências Da Saúde Nova Esperança, 17(2), 64-72. https://doi.org/10.17695/revnevol17n2p64-72