ANÁLISE DO PERFIL CLÍNICO DE PACIENTES COM HANSENÍASE RECIDIVANTE DO MUNICÍPIO DE SOBRAL

Palavras-chave: Hanseníase, Recidiva, Epidemiologia

Resumo

A hanseníase é uma doença de forte impacto na saúde pública brasileira, tanto pela dificuldade no diagnóstico, por parte dos profissionais de saúde, como pela possibilidade de recidiva anos após a apresentação inicial da doença. Este estudo teve como objetivo avaliar o perfil epidemiológico e clínico dos pacientes com casos de hanseníase no município de Sobral-CE, entre o período de 2012 a 2018, com análise especial para os casos de recidiva da doença. Os dados foram obtidos por meio do banco de dados do Sistema de Informação de Agravos de Notificação (SINAN) do município. Foram evidenciados 42 casos de hanseníase recidivante no período estudado, sendo mais da metade destes ocorridos em pessoas com faixa etária entre 41 e 70 anos de idade. Houve maior predominância de reincidência em pessoas do sexo feminino, da raça parda e com menor nível de escolaridade. A grande parte das recidivas foram classificadas como multibacilar e as formas clínicas predominantes foram dimorfa e virchowiana. Conclui-se que o perfil epidemiológico foi composto, em sua maioria, por pacientes de faixa etária mais avançada, raça parda e com baixa escolaridade. O perfil clínico predominante de doentes na recidiva foi com a forma multibacilar. Tais dados foram congruentes com os obtidos na literatura. Além disso, existe uma importante parcela de dados que não foi notificada corretamente no SINAN, dificultando a confiabilidade das informações.

Publicado
2020-04-30
Como Citar
Alves Trajano, L., Freire de Melo, M., & Siqueira Ferreira, J. (2020). ANÁLISE DO PERFIL CLÍNICO DE PACIENTES COM HANSENÍASE RECIDIVANTE DO MUNICÍPIO DE SOBRAL. Revista De Ciências Da Saúde Nova Esperança, 18(1), 07-17. https://doi.org/10.17695/revcsnevol18n1p07-17