EXPERIÊNCIA COM A PRÁTICA DE COMPOSTAGEM EM COMUNIDADE PESQUEIRA DA PRAIA DA PENHA-PB

  • Gil Dutra Furtado
  • Edivaldo Galdino Ferreira
  • Nadja Helaine de Araújo
  • Dimítri de Araújo Costa
  • Francisco de Assis da Silva
Palavras-chave: Algas arribadas., Pescadores., Educação Ambiental.

Resumo

A compostagem é uma técnica de extrema utilidade para a gestão de resíduos orgânicos, em diversos meios ambientes, aplicada para o reaproveitamento de resíduos orgânicos, que segue o mesmo princípio que ocorre na natureza. As macroalgas, encontradas na praia, podem ser aproveitadas para o processo de compostagem apresentando boas propriedades químicas. No período em 2014 e 2015, no bairro da Penha, realizou-se um trabalho de compostagem na Associação de Aquicultores e Pescadores da Praia da Penha, como ferramenta de educação ambiental e com posterior análise química do composto resultante que, baseado nos resultados obtidos no laboratório especializado e com as melhorias observadas no composto final, conclui-se que esta técnica tem forte capacidade de promover mudanças na comunidade de pescadores, proporcionando maior bem-estar e conhecimento para todos.

Publicado
2017-10-20
Como Citar
Furtado, G., Ferreira, E., de Araújo, N., Costa, D., & da Silva, F. (2017). EXPERIÊNCIA COM A PRÁTICA DE COMPOSTAGEM EM COMUNIDADE PESQUEIRA DA PRAIA DA PENHA-PB. Revista De Ciências Da Saúde Nova Esperança, 15(2), 21-26. https://doi.org/10.17695/revcsnevol15n2p21-26
Seção
Ciências da Saúde/Artigo Original

##plugins.generic.recommendByAuthor.heading##