AVALIAÇAO DOS FATORES DE RISCO PARA CONDIÇÕES CRÔNICAS NOS ESTUDANTES DE ENFERMAGEM DO CENTRO ACADÊMICO DE VITÓRIA DE SANTO ANTÃO-PE

  • Larissa Santos Alcebíades Gomes
  • Maria Amélia de Souza
Palavras-chave: Condições crônicas., Fatores de risco., Estudantes de enfermagem., Estilo de vida., Perfil epidemiológico.

Resumo

As condições crônicas no Brasil seguem uma tendência mundial. São visíveis mudanças no perfil das doenças destacando-se, como os principais fatores de risco, o tabagismo, uso abusivo de álcool, dieta inadequada, o excesso de peso, a obesidade, inatividade física. São os estudantes universitários uma parcela da população bem vulnerável, devido aos hábitos e estilo de vida. Este trabalho objetivou identificar a prevalência de fatores de risco para Condições Crônicas dos estudantes de Enfermagem da Universidade Federal de Pernambuco/Centro Acadêmico de Vitória. Trata-se de um estudo observacional, transversal e de natureza quantitativa, realizado no Centro Acadêmico de Vitória, vinculado a Graduação do Curso de Enfermagem. Dos fatores de risco avaliados, todos são predisponentes ao desenvolvimento de doenças, porém, neste estudo, apenas a ingestão de álcool e uso de fumo foram os achados significantes. A pesquisa constata que, com melhores hábitos e estilos de vida, os estudantes poderão desfrutar de uma melhor qualidade de vida. Também, observa-se que as universidades devem construir políticas internas que ajudem a melhorar o perfil epidemiológico dos seus universitários.

Publicado
2017-10-20
Como Citar
Gomes, L., & de Souza, M. (2017). AVALIAÇAO DOS FATORES DE RISCO PARA CONDIÇÕES CRÔNICAS NOS ESTUDANTES DE ENFERMAGEM DO CENTRO ACADÊMICO DE VITÓRIA DE SANTO ANTÃO-PE. Revista De Ciências Da Saúde Nova Esperança, 15(2), 40-49. https://doi.org/10.17695/revcsnevol15n2p40-49
Seção
Ciências da Saúde/Artigo Original