AÇÃO DA CANNABIS SATIVA NO COMBATE À ÊMESE PROVOCADA PELOS ANTINEOPLÁSICOS

  • Lorena Sodré Mayer
  • Kalyne Teixeira Nunes
  • Otávio de Morais Marques
  • Cibério Landim Macêdo
Palavras-chave: Cannabis sativa, Canabinoides, Êmese

Resumo

A maconha (Cannabis sativa) vem sendo utilizada há centenas de anos pela humanidade para diversos fins, tais como alimentação, rituais religiosos, como alucinógeno e nas práticas medicinais. Os derivados da Cannabis são utilizados como medicamentos, visto que a segurança e eficácia do tratamento é cientificamente comprovada. Esta pesquisa tem como objetivo descrever as ações terapêuticas da Cannabis, a fim de conscientizar a população sobre a legalização do seu uso medicinal. Trata-se de uma revisão de literatura, que utilizou os bancos de dados o SciELO, BVS e Google Acadêmico. A substância presente na maconha responsável pelos efeitos terapêuticos, incluindo os antieméticos, é o THC (tetraidrocanabinol), que age nos receptores CB1 e CB2 do sistema nervoso, desencadeando uma série de reações que vão culminar na abertura dos canais de potássio e fechamento dos canais de cálcio, levando a um decréscimo na liberação de vários neurotransmissores, por isso apresenta um espectro tão amplo de ações. É cientificamente respaldado o conhecimento de que esta droga apresenta efeitos antieméticos, que são, de fato, mais potentes que outros fármacos utilizados com a mesma finalidade. Apesar de apresentar uso limitado por conta da vasta gama de efeitos colaterais induzidos por essa droga, especialmente os efeitos psicotrópicos, é comprovado cientificamente que os compostos canabinoides têm o potencial de produzir efeitos terapêuticos. É importante que as pesquisas deste campo continuem, para que possa ser descoberta uma maneira de suprimir os efeitos negativos da erva e beneficiar milhares de pacientes a partir do seu uso terapêutico.

Publicado
2019-09-23
Como Citar
Mayer, L., Nunes, K., Marques, O., & Macêdo, C. (2019). AÇÃO DA CANNABIS SATIVA NO COMBATE À ÊMESE PROVOCADA PELOS ANTINEOPLÁSICOS. Revista De Ciências Da Saúde Nova Esperança, 13(1), 119 - 126. https://doi.org/10.17695/revcsnevol13n1p119 - 126
Seção
Ciências da Saúde/Artigo Original

##plugins.generic.recommendByAuthor.heading##