TRATAMENTO DE LESÕES DE MANCHA BRANCA ATIVA APÓS TRATAMENTO ORTODÔNTICO: RELATO DE CASO CLÍNICO

Palavras-chave: Desmineralização, Flúor, Carie Dentária

Resumo

As lesões de mancha branca são a primeira expressão clínica da desmineralização que ocorre na superfície do esmalte do dente. Nesse sentido, este trabalho objetiva relatar um caso clínico sobre tratamento de lesões de mancha branca ativas em paciente de 19 anos, tratada ortodonticamente por 2 anos. Após remoção do aparelho, verificou-se presença de manchas brancas ativas nos elementos dentários permanentes (n=10), as quais foram avaliadas clinicamente em relação à atividade (textura e luminosidade) e a dimensão (maior diâmetro cérvico-incisal e mésio-distal) e os dados anotados no prontuário da paciente. Os dados foram analisados num enfoque quantitativo e qualitativo, sendo confrontados com a literatura pertinente ao tema. Após orientação de higiene e dieta, 8 sessões de fluorterapia com o verniz fluoretado Duoflorid XII® da FGM (6% de fluoreto de cálcio e 6% de fluoreto de sódio) com profilaxia prévia usando pasta profilática SHINE® da Maquira (2000 ppm de F), foram observados os elementos: redução das médias de diâmetros cervico-oclusal e médio-distal finais em 08 elementos e manutenção das médias em 02. Além disso, 02 manchas brancas permaneceram ativas, as demais inativas. Conclui-se que houve remineralização das manchas brancas com redução do diâmetro e/ou atividade, após 8 sessões de terapia com verniz fluoretado e orientação quanto a higiene e dieta da paciente.

Publicado
2020-08-31
Como Citar
Rodrigues, E., Trindade, E., Azêvedo, F., Teixeira, N., Santos, S., & Soares Ferreira, J. (2020). TRATAMENTO DE LESÕES DE MANCHA BRANCA ATIVA APÓS TRATAMENTO ORTODÔNTICO: RELATO DE CASO CLÍNICO. Revista De Ciências Da Saúde Nova Esperança, 18(2), 143-150. https://doi.org/10.17695/revcsnevol18n2p143-150
Seção
Ciências da Saúde/Relato de Caso

##plugins.generic.recommendByAuthor.heading##