USO DE EQUIPAMENTOS DE PROTEÇÃO INIDIVIDUAL ENTRE OS GARIS NA CIDADE DE JOÃO PESSOA - PB

  • Thallytta Thamara da Silva Guimarães
  • Paulo Emanuel Silva
  • Ana Cristina de Oliveira e Silva Cristina de Oliveira e Silva
  • Gisetti Corina Gomes Brandão
Palavras-chave: Equipamento de Proteção Individual, Riscos de acidentes, Saúde no trabalho

Resumo

A profissão de gari surgiu no tempo do Império, na cidade do Rio de Janeiro, quando foram entregues os serviços de limpeza pública a uma iniciativa privada, sob a responsabilidade do francês Aleixo Gary e de seu irmão, desde então os trabalhadores da coleta de lixo passaram a ser chamados de garis, uma homenagem aos irmãos Gary. O trabalho objetivou caracterizar a população de estudo quanto ao sexo, faixa etária e condições socioeconômicas, averiguar a utilização dos Equipamentos de Proteção Individual (EPI’s) entre os profissionais garis, identificar as patologias mais comuns entre esses profissionais, bem como verificar a relação do não-uso dos Equipamentos de Proteção Individual com as patologias apresentadas e identificar os riscos ocupacionais mais comuns entre esses profissionais. O estudo utilizou o enfoque descritivo com abordagem quantitativa, contando com uma amostra de 112 participantes. Os resultados nos permitiram classificar a amostra em três subgrupos, sendo um grupo de profissionais que não fazem uso de EPI’s, o segundo são os profissionais que fazem uso de EPI’s e se acidentaram, e o terceiro fazem uso de EPI’s e não se acidentaram. Vale ressaltar que o terceiro grupo atingiu um grande percentual representado por 70 profissionais. As doenças prevalentes nos profissionais pesquisados foram a dengue, doenças de pele e hipertensão. Os resultados sugerem que os garis em estudo necessitam da intervenção de profissionais de saúde no sentido de orientá-los não apenas sobre a importância, mas sobre o uso correto dos EPI’s, no sentido de minimizar as doenças ocupacionais.

Publicado
2007-12-15
Como Citar
Guimarães, T., Silva, P., de Oliveira e Silva, A. C. de O. e S., & Gomes Brandão, G. (2007). USO DE EQUIPAMENTOS DE PROTEÇÃO INIDIVIDUAL ENTRE OS GARIS NA CIDADE DE JOÃO PESSOA - PB. Revista De Ciências Da Saúde Nova Esperança, 5(2), 28 - 37. https://doi.org/10.17695/revnevol5n2p28 - 37
Seção
Ciências da Saúde/Artigo Original

##plugins.generic.recommendByAuthor.heading##

1 2 > >>