ANSIEDADE EM MULHERES NO PERÍODO GESTACIONAL

  • Vagna Cristina Leite da Silva Pereira
  • Anderson Felix dos Santos
  • Maria Eudocia Viana Severo
Palavras-chave: Saúde mental., Saúde da mulher., Gestação., Ansiedade.

Resumo

A gestação é um momento de grandes transformações fisiológicas, psicológicas e sociais, normalmente um período visto com alegria, embora algumas mulheres vivenciem alguns agravos à saúde mental. Diante deste contexto este estudo teve como objetivo investigar níveis de ansiedade em mulheres no período gestacional. Trata-se de uma pesquisa exploratória descritivo de natureza quantitativa que foi realizada em em em uma faculdade privada de João Pessoa-PB, com 14 gestantes. Foi utilizado um formulário com questões semiestruturadas e o Inventário de Ansiedade Traço-Estado - IDATE. A coleta se deu no mês de abril de 2015. De acordo com os resultados a maioria das mulheres 64%, não planejou a gravidez, embora 78,5% convivam com o pai da criança. Em relação à ansiedade, verificou-se semelhança nos escores das escalas a maioria apresentou nível médio (86%) de Traço de ansiedade e de Estado de ansiedade. Os resultados apresentados indicam a necessidade de valorizar aspectos psíquicos durante a gravidez, fazendo-se necessário que profissionais de saúde se sensibilizem a respeito da temática valorizando além dos aspectos físicos, o bem estar emocional das gestantes como fator de proteção para saúde mental.

Publicado
2017-03-15
Como Citar
Pereira, V., Santos, A., & Viana Severo, M. (2017). ANSIEDADE EM MULHERES NO PERÍODO GESTACIONAL. Revista De Ciências Da Saúde Nova Esperança, 15(1), 80-91. https://doi.org/10.17695/revcsnevol15n1p80-91
Seção
Ciências da Saúde/Artigo Original

##plugins.generic.recommendByAuthor.heading##