MANIFESTAÇÕES DERMATOLÓGICAS EM PACIENTES COM COVID-19

Palavras-chave: Coronavírus., Manifestações cutâneas., Infecções por coronavírus.

Resumo

A COVID-19, uma doença causada pelo novo coronavírus, o SARS-CoV-2, surgiu na China em dezembro de 2019 e rapidamente começou a se espalhar por todo o mundo. Porém, os sintomas são muito inespecíficos e variáveis, dificultando o diagnóstico clínico da doença. Diante disso, o presente trabalho tem o objetivo de analisar a ocorrência das manifestações cutâneas e seus tipos nos pacientes portadores de COVID-19. Trata-se de uma revisão integrativa, realizada em outubro de 2020, cujas questões norteadoras foram: <Manifestação dermatológica em pacientes com COVID-19 pode ser método diagnóstico de paciente com coronavírus? E, quais manifestações e complicações estão relacionadas ao COVID-19?>. Apenas em março de 2020, os primeiros estudos sobre manifestações dermatológicas foram publicados, mostrando que os pacientes, em sua maioria, não apresentam lesões cutâneas e, os que apresentam, têm marjoritariamente erupção eritematosa. No entato, foram relatados os mais diferentes tipos de lesões. Devido a dificuldade em fazer o seguimento dos portadores das infecções por coronavirus, ainda não é conhecido seu mecanismo. O que se sabe é que a afecção é auto-limitada e que algumas drogas podem induzir a sua formação, dificultando a diferenciação entre manifestação do distúrbio e do tratamento. Sendo assim, as condutas devem ser individualizadas de modo a trazer uma melhor resposta terapêutica e entendimento da patologia. É importante estar atento principalmente aos enfermos que fazem uso de terapia imunossupressora.

Publicado
2020-12-21
Como Citar
Filgueira, R., Farias, E., Almeida, T., & Castelliano, M. E. (2020). MANIFESTAÇÕES DERMATOLÓGICAS EM PACIENTES COM COVID-19. Revista De Ciências Da Saúde Nova Esperança, 18(3), 205-213. https://doi.org/10.17695/rcsnevol18n3p205-213
Seção
Ciências da Saúde/Artigo de Revisão

##plugins.generic.recommendByAuthor.heading##