O SAGRADO FEMININO: HISTÓRIAS DE LUTA E LUTO

  • Gigliola Marcos Bernardo de Lima
  • Izayana Pereira Feitosa
  • Janaína Von Söhsten Trigueiro
  • Monise Gleyce de Araújo Pontes
Palavras-chave: Direitos da Mulher, Relações de gênero, Feminismo, Relação entre gerações

Resumo

Durante os últimos séculos, a mulher tem lutado pelo seu direito de igualdade. Toda luta em busca de seu espaço na sociedade marca a visão da figura da mulher na evolução histórica, o que se tornou impactante e ocasionou os avanços atuais. Objetivou-se investigar a evolução feminina, através de seu perfil histórico, considerando três gerações diferentes, bem descrevendo a sua inserção e reconhecimento como cidadã digna de respeito e relevo social. Ancora-se metodologicamente como uma pesquisa do tipo revisão bibliográfica, para isso, foram selecionados artigos e outras produções científicas (dissertações e teses) no banco de dados eletrônicos da Biblioteca Virtual em Saúde (BVS), SciELO e Lilacs, utilizando-se os seguintes descritores: gênero, mulher, feminismo e direitos das mulheres, presentes em estudos tendo como eixo condutor a análise da trajetória feminina e sua função em diferentes períodos e segmentos sociais. Nos resultados e discussões, identificamos o objeto de estudo como: “Mulheres do século XX: Breve resgate histórico” em três amostras: A mulher da primeira geração (década de 20 a 40); A Mulher da Segunda Geração (década de 50 a 70) e A Mulher da Terceira Geração (década de 80 a 2000), relatando sobre sua posição no contexto familiar, a forma de educação lhes direcionada, os relacionamentos, o trabalho e as transformações das políticas reprodutivas e sexuais que foram essenciais para que ela passasse a ser vista e tratada sob um novo olhar, referenciando também o pensamento de estudiosos sobre a mulher, seu papel e influências em seu meio, o movimento feminista e a luta pela conquista de seus direitos. Assim, consideramos que a ligação entre as características na construção da identidade feminina pertencentes a gerações distintas permitiu relacionar perfis que vão do comum ao extremamente incomum, mesmo ainda existindo muita disparidade entre gêneros, após essa pesquisa, perceberam-se importantes avanços acerca desta discussão.

Publicado
2014-06-15
Como Citar
Bernardo de Lima, G., Feitosa, I., Söhsten Trigueiro, J., & de Araújo Pontes, M. (2014). O SAGRADO FEMININO: HISTÓRIAS DE LUTA E LUTO. Revista De Ciências Da Saúde Nova Esperança, 12(1), 81 - 89. https://doi.org/10.17695/revnevol12n1p81 - 89
Seção
Ciências da Saúde/Artigo Original

##plugins.generic.recommendByAuthor.heading##