DUPLICAÇÃO DA ARTÉRIA CEREBELAR SUPERIOR ESQUERDA ASSOCIADA À NEVRALGIA DO NERVO TRIGÊMEO

  • Nereu Alves Lacerda
  • Lucas Pereira Reichert
  • Leonardo Ribeiro De Moraes Ferreira
  • Isabelle Maria De Oliveira Gomes
  • Rebeca De Albuquerque Paulino
  • Tania Regina Ferreira Cavalcanti
Palavras-chave: Círculo Arterial do Cérebro., Neuralgia do Trigêmeo., Variação Anatômica.

Resumo

A artéria basilar (AB) percorre o sulco basilar da ponte e termina superiormente, bifurcando-se para formar as artérias cerebrais posteriores. Em seu trajeto ascendente, a AB emite ramos e, dentre eles, estão as artérias cerebelares superiores (ACS). Normalmente, a AB emite apenas um ramo direito e um ramo esquerdo para formar a ACS, que irrigará o mesencéfalo e a porção superior do cerebelo, através dos seus segmentos pontomesencefálico, cerebelomesencefálico e cortical. Tais segmentos mantêm ainda relações com os pares de nervos cranianos: oculomotor, troclear e trigêmeo. O presente estudo tem por objetivo fazer um relato de caso sobre uma variação anatômica da artéria cerebral superior esquerda, comparando uma análise real das estruturas anatômicas com estudos descritos na literatura e correlacionando-os com a percepção fisiopatológica compreendida por esse fenômeno. As informações contidas neste trabalho foram obtidas
por meio de observação direta de peça anatômica em laboratório de neuroanatomia, e a correlação fisiopatológica feita, através de análise de artigoscientíficos, publicados entre os anos de 2012 e 2017. Na análise da peça cadavérica, observou-se a existência de um ramo direito da ACS, ao passo que existiam dois ramos esquerdos dessa mesma artéria, configurando a variação anatômica. Dentre as afecções que essa duplicação pode provocar, destaca-se a nevralgia do nervo trigêmeo. A neoformação vascular pode ainda provocar uma distribuição desigual do fluxo sanguíneo, resultando em hipoplasia do ramo trigeminal e áreas cerebelares. Esses ramos atípicos são mais propensos à formação de aneurismas e, consequentemente, acidentes vasculares encefálicos. O conhecimento das variações anatômicas do sistema vertebrobasilar é essencial, devido a sua grande prevalência, sendo assim o estudo indispensável para a compreensão do surgimento de doenças cerebrovasculares, como a nevralgia do trigêmeo, para a realização de procedimentos microvasculares reconstrutivos e fornecimento de informações às avaliações radiológicas.

Publicado
2017-12-28
Como Citar
Lacerda, N., Reichert, L., Ferreira, L. R., Gomes, I. M. D., Paulino, R. D., & Cavalcanti, T. R. (2017). DUPLICAÇÃO DA ARTÉRIA CEREBELAR SUPERIOR ESQUERDA ASSOCIADA À NEVRALGIA DO NERVO TRIGÊMEO. Revista De Ciências Da Saúde Nova Esperança, 15(3), 21-26. https://doi.org/10.17695/revcsnevol15n3p21-26
Seção
Ciências da Saúde/Artigo Original

##plugins.generic.recommendByAuthor.heading##